• BiodanzaCatarina

ACB apoia o Encontro de Biodanza e Ação Social e Educação Biocêntrica

Atualizado: 22 de Set de 2020

Neste ano, em função da pandemia, o encontro reuniu professores de Biodanza e educadores biocêntricos na modalidade Online [Saiba mais]




O Encontro de Biodanza e Ação Social e Educação Biocêntrica reuniu Facilitadores(as) de Biodanza, Ambientalistas, Educadores, Profissionais da Saúde, Assistência Social, Lideranças Comunitárias.


O encontro foi promovido pela ONG Moradia e Cidadania e Rede de Integração e Cidadania (RINACI), com apoio de uma rede de escolas de Biodanza, grupos de educadores biocêntricos e associações como a Associação Catarina. Segundo os organizadores o encontro envolveu cerca de 170 pessoas com convidados do Brasil, Uruguai, Chile, Cuba, Argentina, Portugal e Itália.

A iniciativa é realizada desde 2005 e já ocorreu em Porto Alegre (RS), Córdoba e Buenos Aires (Argentina) e Gravatal (SC) e desta vez em formato virtual para os idiomas português e espanhol. Nos Encontros presenciais, o movimento já reuniu mais de 500 pessoas com o apoio institucional de secretarias de saúde e educação.


O encontro, que aconteceu inteiramente pela plataforma zoom, trouxe alguns profissionais como Cecília Luzzi, que colaborou para uma fala histórica do surgimento da Biodanza e os caminhos percorridos por Rolando Toro na sistematização do sistema de desenvolvimento humano.


Segundo uma das organizadoras do encontro, Rosaura Couto, o evento foi muito agregador e um espaço que uniu pessoas para falar em Biodanza e Educação Biocêntrica.


"Para a comunidade de Biodanza foi muito rico o resgate histórico que se produziu, com as pessoas compartilhando desde o início da Biodanza, seu convívio com Rolando Toro Araneda, o grande visionário que inicia a sistematização do processo, algumas pessoas que dedicaram e dedicam sua vida a aplicação do sistema, os aportes científicos de professores, professoras, profissionais da Biodanza ao longo do tempo e como se deu o caminho da Educação Biocêntrica no Brasil, como e porque isto acontece. Como Rolando Toro dizia – “ O humano é um poema inacabado”, em eterna busca do próximo verso que o melhor componha.", ressaltou.



EIXOS TEMÁTICOS DO ENCONTRO

Os cinco eixos temáticos que abrangeram o Encontro foram as Práticas Pedagógicas Evolucionárias, Ação Social e Biodanza, Ambiental, Saúde e Educação Antirracista.


Os professores de Biodanza associados da ACB, Elizabeth Chraim e André Simoni participaram do encontro compondo dois eixos temáticos. No diálogo sobre Saúde, Beth compartilhou sua experiência com Biodanza e saúde comunitária em Florianópolis. Enquanto o professor André Simoni contou suas experiências na escola em tempos de pandemia, no eixo temático de Práticas Pedagógicas Evolucionárias. O evento reuniu outros temas relevantes na sua programação envolvendo saúde, ecologia e justiça social.


O convite de parceria da Associação Catarina (ACB) com encontro veio através da Professora de Biodanza Silvana Ramos, uma das apoiadoras e educadoras do movimento da educação biocêntrica e também associada da ACB.


Ação Solidária


De acordo com a ONG Moradia e Cidadania/SC a mobilização do evento arrecadou entre os dias 31 de março ao dia 15 de setembro R$ 16.070,00 para ações contra o COVID-19, beneficiando mais de 1.500 pessoas das Comunidades Ponta do Leal, Jardim Atlântico, Santa Vitória, Siri/Ingleses, Vila Santa Rosa, Frei Damião e a Associação dos Voluntários do Hospital Regional do Oeste com 350 cestas básicas, 90 bandejas de ovos, 490 litros de leite, 250 livros, 65 kit de higiene e 1.200 máscaras.



A próxima edição do encontro será no segundo semestre de 2022.




66 visualizações0 comentário